Vinte e três agroindústrias exportadoras participam da SIAL Paris

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (ApexBrasil), levou agroindústrias produtoras e exportadoras da avicultura e da suinocultura do Brasil para a SIAL Paris, que acontece entre os dias 15 e 19 de outubro, na capital francesa.

Maior ação de promoção das exportações do setor desde a realização do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), a participação na SIAL Paris – uma das mais importantes feiras de alimentos do Mundo – contará com uma ampla programação de atividades do setor com clientes, potenciais compradores e stakeholders.

Ao todo, 23 agroindústrias confirmaram participação no espaço da ABPA. Entre elas, estão:  Bello Alimentos, C Vale, Copacol, GTFoods, SSA, Zanchetta, Somave, Avenorte, Jaguafrangos, Avivar, Vibra, Villa Germânia, Vossko, Lar, Coasul, Rivelli Alimentos, Netto Alimentos, Dália Alimentos, Alibem, Ecofrigo Bugio, Frimesa, Pif Paf e Saudali.

No espaço acontecerão encontros de negócios para prospecção e consolidação de vendas que devem ultrapassar a casa das dezenas de milhões de dólares, segundo as expectativas do presidente da ABPA, Ricardo Santin. 

“A SIAL Paris é a primeira grande ação que realizamos na União Europeia dentro de um contexto mais próximo da normalidade, no pós pandemia. Há forte expectativa quanto à presença de importadores não apenas da Europa, como também da Ásia e da África, gerando expectativas de negócios que deverão superar centenas de milhões de dólares nas projeções de 12 meses de exportações”, analisa. 

A ação, que carrega as marcas internacionais do setor produtivo – Brazilian Chicken, Brazilian Pork, Brazilian Egg, Brazilian Breeders e Brazilian Duck – contará com uma ampla área gastronômica, que será estruturada no espaço da avicultura e da suinocultura do Brasil em Paris para o serviço de pratos tradicionais na culinária brasileira (original e adaptada) como frango assado com polenta, estrogonofe de frango, schnitzel de frango, risotos e cortes de frango ao creme de queijos. 

Ao mesmo tempo, materiais promocionais com informações sobre associados e a cadeia produtiva serão distribuídos na ação, detalhando questões como fatores de qualidade dos produtos, dados da cadeia produtiva, status sanitário brasileiro e o perfil sustentável da produção.

Lançamento – Outro destaque da participação brasileira na SIAL Paris é o lançamento do livro “Halal Poultry – From Brazil to the World”.  A obra, assinada pelo fotógrafo Manoel Petry, conta em imagens, fatos e dados a representatividade e parte da história da produção e exportação brasileira de carne de frango halal.  

Em suas 54 páginas, o livro mostra imagens sobre o cuidado e o respeito aos preceitos islâmicos aplicados pelas empresas exportadoras brasileiras, responsáveis pelo embarque anual próximo a 2 milhões de toneladas de produtos.

“Nosso primeiro embarque ocorreu em 1975. De lá para cá, construímos uma relação sólida que fez do Brasil o maior exportador de carne de frango halal do planeta. A obra conta esta história de forma delicada e lúdica, mostrando ao grande público a ampla capacidade brasileira de produzir produtos com total respeito aos preceitos do islã”, destaca Santin.

A obra foi lançada no dia 16 de outubro (domingo), no estande da ABPA na SIAL Paris. 


Fonte: Suinocultura Industrial